content

Branding para além do lucro

Branding para além do lucro

O mundo mudou e o consumidor também. As transformações vividas em sociedade nos últimos anos impactaram profundamente o comportamento de consumo, trazendo grandes desafios para a gestão de marcas.

 

 

As pessoas se tornaram mais conectadas, bem-informadas, ávidas por novidades e mais conscientes. Nesse contexto, ter uma marca forte nunca foi tão importante para manter a competitividade e garantir a preferência do consumidor.

 

Se no passado, as marcas buscavam manter a neutralidade, agora os consumidores exigem posicionamento. É o que mostra a pesquisa Global Consumer Pulse, da Accenture Strategy. O estudo identificou que 83% dos brasileiros preferem comprar de marcas alinhadas aos seus valores de vida.

 

Ao todo, o relatório ouviu cerca de 30 mil pessoas pelo mundo. Entre os resultados, apontou que as marcas que comunicam seus propósitos e abraçam causas atraem mais consumidores e influenciam decisões de compra.

 

Ou seja, é preciso ir além da oferta de um produto ou serviço de qualidade, da consistência na aplicação da identidade visual e de boas campanhas publicitárias. Com isso, o foco não se restringe mais ao lucro, sendo urgente encontrar formas de gerar valor à sociedade.

 

Por isso, torna-se fundamental desenvolver uma estratégia de branding eficiente. Neste artigo, você compreenderá melhor a importância de construir uma marca forte.

 

Mudanças nas motivações de compra e impacto na gestão de marcas

 

A partir dos anos 1990, o termo love brands ganhou projeção para definir aquelas marcas que conseguiram elevar seu relacionamento com o consumidor a um nível emocional. Em outras palavras, aquelas que conquistaram o coração dos clientes. McDonald’s, Nike e Coca-Cola são apenas alguns exemplos.

 

O que ocorre, atualmente, pode ser visto como uma evolução desse conceito. A força das conexões, agora, passa a ser baseada no propósito de marca e no impacto gerado por ela.

 

Na pesquisLife Reimagined, também da Accenture, 50% dos consumidores afirmaram que a pandemia os fez repensar seu propósito pessoal e reavaliar o que é importante em suas vidas. Destes, 72% esperam que as empresas com as quais fazem negócios entendam e resolvam suas necessidades e objetivos.

 

Além disso, 66% disseram que esperam que as marcas assumam mais responsabilidade em motivá-los a viver por seus valores e em fazê-los se sentirem mais relevantes no mundo.

 

Para esse público, preço (19%) e qualidade (21%) estão perdendo relevância como motivação de compra, embora permaneçam como os principais requisitos analisados para tomada de decisão. Somam-se a essas outras cinco motivações:

 

  • Serviço e cuidados pessoais (14%)

  • Confiança e reputação (12%)

  • Saúde e segurança (12%)

  • Facilidade e conveniência (11%)

  • Origem do produto (10%)

  •  

3 elementos essenciais para criar marcas fortes

 

Ser relevante na vida das pessoas tem sido o grande diferencial na estratégia das marcas que mais valorizaram nos últimos tempos. Isso significa evoluir da ideia de que marca gera valor monetário para a percepção de marca como apoiadora e agente de mudanças.

 

Alguns elementos são comuns ao branding de companhias que chegaram a esse estágio. Acompanhe:

 

Liderança

Para gerar valor ao seu público-alvo, as marcas devem apresentar clareza de objetivos e alinhamento com stakeholders. Além disso, é necessário ter empatia e agilidade para responder às mudanças e às necessidades do mercado.

 

Engajamento

Ter um propósito inspirador não é o suficiente, mas apenas o ponto de partida. Mais do que uma frase na parede do escritório, o propósito deve servir para que marcas assumam responsabilidades que vão além do universo do produto ou serviço oferecido.

 

Diante dos problemas do mundo, elas devem gerar ações coerentes, promover e incentivar a participação, resultando em impacto positivo para a sociedade.

 

Relevância

Se sua marca deixasse de existir hoje, o que aconteceria? Marcas fortes conectam-se às reais necessidades das pessoas e desempenham papel importante em suas vidas. Por isso, a importância de estar presente efetivamente, de forma confiável e estabelecendo vínculos de afinidade.

 

Lançamento do estudo Branding Brasil

 

Quer entender mais como pessoas e marcas podem gerar valor? Então, temos uma oportunidade imperdível para você. No dia 24 de agosto, a empreendedora e designer Ana Couto, um dos talentos da Pós Digital FAAP, apresentará os resultados do estudo “Branding Brasil – O valor que o país gera”, e você poderá acompanhar a transmissão ao vivo, a partir das 19h.

 

Além de acompanhar os principais insights da pesquisa, que revela oportunidades para construir mais valor para um futuro das organizações, o evento trará uma mesa-redonda com executivos de marcas brasileiras de relevância global. Inscreva-se agora.

 

Comente você também:

Comentários